• IMG

O que podemos aprender com a Bettina

Atualizado: 22 de Mar de 2019

Propaganda enganosa: conteúdo de anúncio é desmentido por economista


O anúncio da Empiricus Research causou polêmica na última semana | Foto: Youtube

"Oi. Meu nome é Bettina, eu tenho 22 anos e 1 milhão e 42 mil reais de patrimônio acumulado”. Se você possui um smartphone com acesso a internet, provavelmente ouviu falar sobre a Bettina nos últimos dias. O anúncio da Empiricus Research, empresa especializada em “conteúdo financeiro e ideias de investimentos, repercutiu nas redes sociais, mas de forma negativa.

A suposta milionária virou meme na internet após seu anúncio ser veiculado no YouTube antes de começar um vídeo. Nele, ela diz ter conseguido acumular todo esse patrimônio após comprar ações na bolsa de valores. O que era para despertar curiosidade nos internautas gerou uma onda de reclamações. Ninguém mais aguentava ver Bettina. Além disso, todos passaram a se questionar como ela teria conseguido o dinheiro. Privilégios? Família rica? O dinheiro era realmente dela?


O economista, colunista da Rede Globo e Ph.D em Business, Samy Dana, refletiu com seus mais de 50 mil seguidores no Twitter sobre o caso "Bettina". Seria realmente possível transformar R$1.520 em R$ 1.042.000? Segundo Dana, em 15 anos ela teria um patrimônio de 57 quintilhões de reais, cerca de 316 milhões de vezes a fortuna do homem mais rico do mundo segundo a revista Forbes, o CEO da Amazon.com, Jeff Bezzos.


“Reflitam, se for verdade que: a) A menina de 22 anos transformou R$ 1.520 em R$ 1.042.000 (ou seja multiplicou seu patrimônio em 685,53 vezes) b). Que seja possível replicar a estratégia dela.

Daqui a 15 anos, nossa heroína terá 37 anos de idade e um patrimônio de 157 quintilhões de reais: 2 milhões de vezes o PIB americano de 2018 e 316 milhões de vezes a fortuna Jeff Bezzos – homem mais rico do mundo segundo a Forbes."


A resposta da internet foi negativa e a Empiricus foi duramente criticada pelos internautas, um exemplo claro de uma publicidade que deu errado - e uma propaganda enganosa. Antes de divulgar nas redes um anúncio é preciso estar atento. Cada vez mais o público busca conhecer a empresa e quem está por trás da mensagem.





Texto: Juliane Bee



71 visualizações